Ainda que cada empresa tenha sua missão, sua visão e seus valores, e atue em diferentes nichos de mercado, uma coisa todas tem em comum: para que você seja contratado, você precisa passar por uma entrevista de empregoe é muito importante saber como se preparar para uma entrevista de emprego. Trata-se de um processo seletivo, onde o responsável pela contratação tem a oportunidade de avaliar os candidatos com base no seu comportamento, segurança e domínio das habilidades de interesse para a vaga.

E mesmo que se trate de um processo totalmente comum e habitual, é comum as pessoas sentirem-se inseguras diante de uma entrevista de emprego. Afinal, é um momento onde estão sendo avaliadas e precisam demonstrar bom desempenho perante o responsável pela contratação. Mas a entrevista de emprego, como qualquer outra atividade, depende muito de técnica e experiência.

Caso você não saiba como se preparar para uma entrevista de emprego, existem diferentes aspectos que você deve considerar durante a entrevista de emprego para que você se destaque dos demais entrevistados. E neste artigo, você terá informações acerca de como se portar em uma entrevista de emprego na prática.

Aparência importa sim!

Lógico que em uma empresa com valores éticos e morais preservados, a aparência no sentido puramente estético não terá nenhuma influência (exceto se você estiver sendo entrevistado por uma agência de moda ou alguma área semelhante).

Todavia, indiscutivelmente, a aparência é decisiva em uma entrevista de emprego. Por mais que seja clichê, a primeira impressão realmente é a que fica (ou ao menos é a que irá influenciar as tomadas de decisão seguintes) e, em uma entrevista de emprego, certamente você quer passar uma ótima impressão para o responsável pelas contratações.

Alguns cuidados simples e que você deve considerar acerca da sua aparência são:

  • Usar roupas discretas, limpas e no tamanho adequado para você: acredite, estes cuidados são ligeiramente mais importantes que apostar em roupas de marcas caras;
  • Estar com a pele do rosto bem cuidada: na sociedade atual, quer você esteja empregado quer esteja procurando emprego, é bem possível que a qualidade do seu sono esteja comprometida. Se este for seu caso, procure por produtos que suavizem as expressões de cansaço e insônia, pois a expressão facial é decisiva na comunicação com outras pessoas;
  • Procure sorrir e expressar-se espontaneamente: ao fazer isso, além de comunicar-se com simpatia e cordialidade, você permite que a entrevista seja conduzida em tom harmonioso. Entretanto, tenha extremo cuidado em não exagerar e criar expressões forçadas.

Não usar perfume em excesso, não fumar antes da entrevista (preferencialmente, nunca fumar em horário de expediente ou ir trabalhar com cheiro de cigarro, independente da função que você vá desempenhar), não chegar na entrevista mascando chiclete e estar com boa higiene são alguns cuidados adicionais básicos, mas que fazem toda a diferença na forma como você se comunica com seu entrevistador.

Como se preparar para uma entrevista de emprego: Viés Implícito

Nosso cérebro é uma complexa máquina de associações e nos primeiros segundos já fazemos uma “avaliação” de acordo com toda nossa experiência e vivência, é o que chamamos de viés implícito, onde atribuímos várias atribuições à um indivíduo, e a aparência é um dos atributos que avaliamos inconscientemente, então é importante trabalharmos para que esse viés seja levado para o lado positivo.

Pontualidade não é mérito, é obrigação!

A pontualidade é um aspecto fundamentalmente importante em uma entrevista de emprego. E neste aspecto, é importante destacar dois pontos acerca da pontualidade que você deve considerar durante a entrevista.

Em primeiro lugar, você deve estar no local da entrevista impreterivelmente no horário em que ela foi marcada. De cinco a dez minutos de antecedência, se possível. Portanto, nunca chegue atrasado em uma entrevista de emprego! Essa é uma das dicas mais simples e deve ser seguido, obrigatoriamente pra você que está pensando em como se preparar para uma entrevista de emprego.

E em segundo lugar, é importante lembrar que pontualidade é uma obrigação. Se você foi contratado para ocupar uma função com jornada de trabalho das 08h às 18h, você precisa estar à disposição da instituição neste intervalo de tempo. Por isso, caso o entrevistador lhe peça para que você diga duas características positivas suas, não caia na tentação de mencionar pontualidade como uma qualidade. Ser pontual é o mínimo que você pode fazer.

Seja sempre sincero durante a entrevista

No Brasil, a desigualdade social muitas vezes expõe algumas pessoas a se submeter a condições bastante desumanas de trabalho, com longas jornadas e baixas remunerações. Além disso, infelizmente acaba sendo comum práticas como desvio de função, sonegação de auxílios de insalubridade para funcionários e afins. Mas, em alguns casos, o candidato acaba se comprometendo com funções adicionais durante o momento da entrevista apenas como estratégia para garantir a vaga.

E isso não é recomendado, pois uma vez que você tenha assumido uma responsabilidade será muito difícil você diminuir as funções atribuídas a seu cargo. O mais provável será você acabar perdendo o emprego por conta do descuido durante a entrevista. Por isso, uma dica simples para você que quer aprender como se comportar durante uma entrevista de emprego é ser sempre sincero. Assim como a pontualidade, a sinceridade é um valor básico que deveria ser obrigação, e não mérito. Mas é importante salientar sua relevância.

Esse tema é tão sério que temos um material completo que trata somente dele e de como mentira e falta de sinceridade não combina com o processo seletivo .

Assim, caso não possua meio de transporte particular e não sabe se terá como chegar no horário do início do expediente? Avise o responsável pela contratação que você precisará de uma margem na primeira semana até você conhecer os horários de ônibus e metrô para então se habituar à rotina. Não sabe realizar uma tarefa muito específica que faz parte das exigências da vaga? Seja sincero com o entrevistador, dizendo o quanto você gostaria de fazer parte da empresa e o quanto você realmente está disposto a aprender a tarefa em questão, mas não o deixe pensar que você já saberá realizar a tarefa logo na contratação se isso não for verdade.

Situações relacionadas à remuneração oferecida para a vaga

Talvez este seja o ponto mais importante e impactante no aspecto organizacional: a remuneração. Achou que a remuneração é injusta para o cargo ocupado e seu currículo? Busque saber quais as possibilidades de crescimento dentro da empresa, pesquise qual é remuneração média para a sua posição em sua região e em empresas dos setores que você está se candidatando,  se há perspectiva de aumento de salário e, em último caso, diga de forma clara e respeitosa que você agradece a oportunidade de ser entrevistado pela equipe, mas que não se sentirá motivado a trabalhar pelo salário oferecido.

Portanto, caso seu currículo seja realmente notável, provavelmente você receberá uma proposta melhor. E caso você acabe perdendo essa possível oportunidade de emprego, pelo menos você não estará trabalhando em uma empresa cujo salário não lhe motiva a cumprir sua jornada de trabalho. Estar desempregado gera ansiedade e instabilidade, mas acredite, trabalhar em uma empresa onde você se sente desvalorizado e mal remunerado pode acabar lhe causando prejuízos mais graves que a instabilidade financeira.

Conheça a empresa antes de comparecer à entrevista

Atualmente, você tem acesso às principais informações sobre a empresa através da internet. Por isso, uma dica valiosa para você que quer saber como se preparar para uma entrevista de emprego é você buscar conhecer a empresa antes mesmo da entrevista. Esse é o tema central de um nossos artigos, então recomendamos que após a leitura desse artigo dê uma olhada nesse material que separa 10 estratégias para ter sucesso na entrevista 

Visite o site da empresa, conheça sua missão, visão e valores, conheça o produto com que trabalha, qual método de gestão e o principal público alvo. Outro ponto que pode ser bastante útil é procurar redes sociais da empresa. Algumas empresas compartilham momentos de interação entre a equipe nas redes sociais, e isso lhe ajudará a perceber se a equipe é unida e possui boa comunicação.

Neste mesmo sentido, busque conhecer as exigências para a vaga a ser preenchida, avalie sua real capacidade para ocupar o cargo em questão, e veja antecipadamente quais habilidades você ainda deverá aprimorar. Por exemplo, se você ainda possui nível iniciante de inglês, irá se candidatar a uma vaga de auxiliar administrativo e viu que um dos objetivos da empresa é expandir-se internacionalmente, avise o responsável pela entrevista (mesmo que ele não mencione este aspecto) que você buscou conhecer a empresa antecipadamente, sabe da necessidade de aprimorar o inglês pensando na perspectiva a longo prazo, e diga a ele qual sua disponibilidade de ir desenvolvendo esta habilidade tão logo for admitido junto à equipe. Este comprometimento é muito bem reconhecido por organizações com potencial de crescimento.

Esteja sempre com seu currículo atualizado

Independente do seu grau de instrução, é sempre importante estar com seu currículo atualizado. Se você ainda é jovem aprendiz, busque valorizar suas habilidades com softwares, tais como:

  • Editores de texto
  • Editores de planilhas
  • Editores de imagem
  • Ilustradores
  • Editores de vídeo

Além disso, domínio da língua portuguesa, boa redação e boa comunicação são sempre habilidades valiosas e bem reconhecidas no mercado de trabalho. Deixe claro suas habilidades neste sentido em seu currículo. Muito cuidado para não cometer alguns erros clássicos no currículo como usar frases clichês e deixar específico as datas de entrada e saída de suas experiências profissionais. Para de ajudar temos, em nosso blog, um artigo que fala sobre erros comuns na hora de elaborar seu currículo, não hesite em conferir e entenda como evitar esses erros.

Caso você seja acadêmico, é ainda mais importante estar com seu currículo atualizado. Mesmo que a instituição solicite apenas o currículo profissional, ter uma cópia impressa do currículo acadêmico (aqui no Brasil, utiliza-se o currículo Lattes como indicativo do desempenho acadêmico), contendo suas produções como:

  • Participação em congressos e seminários
  • Apresentação de palestras
  • Apresentação de trabalhos em eventos acadêmicos
  • Publicação de artigos em periódicos científicos
  • Monitoria acadêmica
  • Participação em projetos de pesquisa
  • Domínio de idiomas estrangeiros

Conclusão

Este artigo buscou apresentar algumas instruções para você que quer saber como se preparar para uma entrevista de emprego. Em resumo, você deve estar com seu currículo atualizado, conhecer suas potencialidades e limitações e buscar conhecer genuinamente a empresa que está oferecendo a vaga. Assim, você avalia sua real aptidão para desempenhar a função adequadamente, compara a exigência do cargo com o salário oferecido e analisa seu grau de motivação para trabalhar pela remuneração oferecida.

Destaca-se a importância de ser sempre sincero nas informações compartilhadas durante a entrevista, comunicar-se com gentileza, tirar todas as dúvidas antes de oficialmente começar a exercer a função e apresentar-se pontualmente com roupas apropriadas. Assim, você estará adaptado ao mercado de trabalho o suficiente para poder mostrar seu conhecimento.

Descubra como aumentar em 8x suas chances de ser contratado

Digite seu melhor e-mail abaixo.

Sua inscrição foi confirmada!

Share This